quarta-feira, 29 de junho de 2016

PROPOSTAS PARA GUARDAS MUNICIPAIS COM BASE NA LEI 13022 DE 2014

Prever o efetivo com base em parâmetro para cálculo do efetivo, (01 guarda para cada 1000 habitantes).

Dividir o efetivo em grupos compostos por 01 subinspetor e 11 guardas, observando-se as proporções (90% de guardas, 8% de subinspetores e 2% de inspetores).

Qualificar o efetivo, considerando as atividades específicas desenvolvidas pela corporação.
Utilizar como meios para qualificação do efetivo, os cursos de formação e estágios de qualificação profissional, a avaliação da competência e a validação de certificados que comprovem a formação ou qualificação anterior.

Dividir a cidade em áreas de responsabilidade e determinar uma equipe para a gestão de cada área.

Transformar os postos de serviço sediados em instalações municipais em postos de atendimento ao público.

Desenvolver atividades com base na ideologia de implantação de uma polícia de ciclo completo, dentro daquilo que for competência das Guardas Municipais e respeitando a legislação vigente no país.

Reestruturar a área administrativa criando os seguintes departamentos: Gabinete do Comando, Divisão Administrativa, Divisão Operacional, Divisão de Ensino, Divisão de Logística, Divisão de Inteligência, Divisão de Operações Especiais, Divisão de Trânsito e Divisão Ambiental.

Osvaldo Zuim Junior
Guarda Municipal de Jundiaí

Nenhum comentário: